Segundo a Dra. Ligia Raquel Brito, clínica geral do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos,  “é extremamente importante realizar dietas balanceadas e ricas em vitaminas, pois elas favorecem as necessidades do corpo, beneficiando as funções dos órgãos”.  Nesta matéria, a nutricionista Katia Terumi, também do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos, explica ainda quais alimentos devem ser adotados para  compor uma dieta balanceada.

   

Presentes em quase todos os alimentos naturais, as vitaminas são compostos orgânicos essenciais para o funcionamento normal do metabolismo humano. Comer os alimentos certos diariamente pode suprir as necessidades do organismo, evitando o surgimento de patologias como insônia, raquitismo,osteoporose, anemia, seborreia, dor de cabeça,dermatite, diarreia, depressão e cálculos renais.

“Por não serem produzidas pelo organismo, exceto a vitamina D, que é gerada em pequena quantidade, é extremamente importante realizar dietas balanceadas e ricas em vitaminas, já que elas favorecem as necessidades do corpo e beneficiam as funções dos órgãos”, explica a Dra. Ligia Raquel Brito, clínica geral do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos.

De acordo com a doutora Ligia, o corpo humano necessita de 13 diferentes tipos de vitaminas para ter um funcionamento normal. Essas vitaminas são divididas em dois grupos: lipossolúveis e hidrossolúveis. As lipossolúveis são gorduras absorvidas junto com a substância, podem acumular no organismo e alcançar níveis tóxicos. São as vitaminas A, D, E e K. Já as vitaminas solúveis em água, as chamadas hidrossolúveis,são as presentes no complexo B e na vitamina C. Eliminadas pela urina, essas vitaminas não acumulam no organismo e por isso exigem o consumo de doses diárias para reposição.

“As vitaminas não funcionam como constituintes do nosso corpo ou como fonte de energia, mas são indispensáveis para que ele possa funcionar. Apesar de existirem no corpo em quantidades mínimas, cada vitamina tem um papel importante no funcionamento de alguma parte do organismo ou na formação de determinado tecido ou órgão”, esclarece a médica.

Com funções diferentes, as vitaminas são importantes para a estrutura dos ossos (D), resistência dos dentes (A e D), cicatrização de feridas (A, E e K), interrupção de hemorragias (K), anemia (B) e sangramento em gengivas

A médica diz que é preciso ficar atento, já que o exagero se torna perigoso e nem todas as vitaminas são indicadas para todas as pessoas. “Os suplementos e remédios vitamínicos devem ser consumidos apenas com acompanhamento clínico e laboratorial, pois o excesso de vitaminas pode ocasionar diversos efeitos colaterais.”, afirma.

Segundo a nutricionista Katia Terumi, também do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos, de maneira geral são recomendadas cerca de 100 gramas de cada vitamina diariamente.

Veja abaixo a seguir uma tabela com as sugestões da nutricionista Katia Terumi  com alimentos e as porções que contém as vitaminas necessárias.

Vitamina A

Vitamina E

Vitamina B6

  • Porção
  • Porção
  • Alimento (100g)

1 bife de fígado

1 xícara de cereal enriquecido com fibra

Fígado de boi

1 cenoura grande

1 colher de sopa óleo de gérmen de trigo

Frango

2 colheres de sopa de batata doce

1/2 xícara de avelã

Atum

1/2 xícara de abóbora

1 colher de sopa semente de girassol

Leite

1 manga

 1/2 xícara Amendoim

Feijão

1 pires de espinafre

½ xícara castanha do pará

Soja (grão)

1 fatia de melão cantaloupe

1 colher de sopa de óleo de algodão

Germe de trigo

1 copo de suco de tomate

1 espiga de milho

Banana

2 colheres de sopa de couve

1 colher de sopa de óleo de cártamo

Espinafre

1 ovo de galinha

meia xícara amêndoa

Aveia

1 pimentão vermelho

1 colher de sopa de óleo de milho

2 fatias de queijo prato

Vitamina C

Vitamina K

Vitamina B12

  • Alimento (100g)
  • Alimento (100g)
  • Alimento (100g) e porção

Acerola crua

Ovo de galinha (inteiro)

Carne bovina

Suco de acerola crua

Gema de ovo de galinha

Queijo mussarela

Pimentão amarelo cru

Brócolis cru

Ovo

Pimentão vermelho cru

Repolho cru

Leite

Limão, casca

Cenoura crua

Iogurte

Pimentão verde cru

Couve-flor crua

Frango

Suco de laranja-baía

Couve crua

1 copo de suco de tomate

Couve-de-bruxelas, crua

Morangos crus

2 colheres de sopa de couve

Mamão formosa

Vitamina B1

1 ovo de galinha

Laranja-pera

  • Alimento (100g)

1 pimentão vermelho

Kiwi

Alimento

2 fatias de queijo prato

Brócolis cozido, sem sal

Lombo assado

Biotina

Morango

Germe de trigo

  • Alimento (100g)

Couve-de-bruxelas, cozida, sem sal

Maminha

Levedo de cerveja

Ervilha, vagem, crua

Lagarto

Fígado de galinha

Laranja-baía com bagaço

Fígado refogado

Fígado bovino

Laranja-pera com bagaço

Farelo de aveia

Gema, crua

Couve-rábano, cozida, sem sal

Feijão cozido

Nozes

Limão cru, sem casca

Gema de ovo

Amendoim

Tangerina poncã

Atum grelhado, assado

Chocolate

Ervilha, cozida, sem sal

Vitamina B2

Aves domésticas

Couve-flor, cozida, sem sal

  • Alimento (100g)

Peixes e Mariscos

Tangerina poncã, suco

Ovo

Hortaliças

Melão caipira, cru

Leite (vaca)

Frutas

Abacaxi cru

Queijo mozarela

Vitamina B5

Couve crua

Queijo ricota

  • Alimento (100g) e porção

Batata inglesa crua

Agrião

Fígado bovino

Manga crua

Rúcula

1 xícara derme de trigo

Tomate cru com semente

Sardinha

1 xícara amendoim torrado

Maracujá

Fígado

1 xícara farinha de aveia

Couve cozida sem sal

Arroz

Salmão

Frango

1 xícara de leite

Vitamina D

Niacina

Folato

  • Alimento (100g) e porção
  • Alimento (100g)
  • Alimento (100g)

Atum fresco

Arroz branco

Fígado de Galinha

Sardinha fresca

Amendoim

Farelo de trigo

Sardinha enlatada

Atum grelhado

Espinafre cozido

Manteiga (1 colher)

Aveia

Brócolis cozido

Cogumelos

Feijão

Farinha de aveia

1 copo de Leite

Fígado

Laranja

Gema de ovo

Filé-mignon assado

Aspargo cozido

Ovo de galinha

Frango (peito) assado

Pão branco

Fígado de boi

Leite

Banana

Iogurte

Lentilha

Arroz cozido

 

 Veja também, na tabela abaixo, as possíveis

patologias causadas por carência de vitamina

 

Vitaminas

Doenças

A

Problemas de visão, secura na pele, diminuição de Glóbulos vermelhos e formação de cálculos renais

D

Raquitismo e Osteoporose

E

Dificuldades visuais e alterações neurológicas

K

Deficiência na coagulação do sangue e hemorragias

B1

Beribéri

B1

Beribéri

B2

Inflamações na língua, anemias e seborreia

B5

Fadigas, cãibras musculares e insônia

B6

Seborreia, anemia e distúrbios de crescimento

B12

Anemia perniciosa

C

Escorbuto

H

Eczemas, exaustão, dores musculares e dermatite

M ou B9

Anemia megaloblástica e doenças do tubo neural

PP ou B3

Insônia, dor de cabeça, dermatite, diarréia e depressão

 

 

Sobre o Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos

 Localizado ao lado do Parque do Ibirapuera (na rua Borges Lagoa, 1.450 – Vila Clementino, zona Sul de São Paulo – tel: 11-5080-4000), o Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos atua em mais de 50 especialidades e conta com cerca de 780 médicos. Realiza aproximadamente 12 mil procedimentos cirúrgicos, 13 mil internações, 205 mil consultas ambulatoriais, 140 mil atendimentos de Pronto-Socorro e 1,3 milhão de exames por ano. Dentre os selos e certificações obtidos pela instituição, destaca-se a Acreditação Hospitalar Nível 3 – Excelência em Gestão, concedida pela Organização Nacional de Acreditação (ONA) e o Prêmio 100 Melhores Empresas para Trabalhar Brasil, conquistado pelo terceiro ano consecutivo.

Curta e compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS