Após a exibição, o multicultural José Luiz Goldfarb, coordenador da #RedeMIS, falará sobre o filme e debaterá com o público. O evento está marcado para hoje, domingo, 25 de outubro, das 16h às 20h, com entrada franca.

 

Interestelar, o filme mais ambicioso de Christopher Nolan

Interestelar, o filme mais ambicioso de Christopher Nolan

Dentro do Núcleo de Redes Sociais do Museu da Imagem e Som (MIS), de São Paulo, a #RedeMIS  faz hoje, 25 de outubro, das 16h às 20h, mais um evento do ciclo #CineCiência, série de apresentações de filmes, seguidas de debates, abordando a interface entre o Cinema e a Ciência.  O filme exibido será “Interestelar” (Interstellar), produção anglo-americana, de 2014, 169min, dirigida por Christopher Nolan, com elenco formado por nomes como Matthew McConaughey (Cooper), Anne Hathaway (Amelia Brand), Michael Caine (Professor Brand), Bill Irwin (Tars), John Lithgow (Donald), Matt Demon (Dr. Mann), Jessica Chastain (Murph Cooper), Casey Affek (Tom), Mackenzie Foy (Murph Jaune) e Wes Bentley (Doyle). A trilha sonora é de Hans Zimmer.

Anne Hathaway em cena do filme

Anne Hathaway em cena do filme

Após a exibição, o professor e físico José Luiz Goldfarb, coordenador da #RedeMIS e do #CineCiência, fala sobre o filme e debate com o público.

O filme traz a história de uma equipe de astronautas, liderada por Cooper, que viaja através de um buraco de minhoca à procura de um novo lar para a humanidade, depois que os alimentos da Terra praticamente acabaram.

Mattheu McConaughey em ótima interpretação

Mattheu McConaughey em ótima interpretação

Os irmãos Christopher e Jonathan Nolan escreveram a história, unindo ideias do primeiro com um roteiro que o segundo havia escrito em 2007. Christopher foi o produtor junto com sua esposa, Emma Thomas, e Lynda Obst.

Interestelar é certamente o filme mais ambicioso de Christopher Nolan, fã de “2001 – Uma Odisséia no Espaço”, que faz uma homenagem ao cinema de Stanley Kubrick e à obra de Arthur C. Clarke.  Embora de ficção científica, o filme também explora os sentimentos mais básicos da humanidade, como esperança, desespero e solidão.

O físico Kip Thorne, cujos estudos inspiraram o filme, trabalhou como consultor científico e produtor executivo. O método de viagem espacial utilizado no filme foi baseado nas obras do próprio Thorne, que também serviram de base para o romance “Contato”, de Carl Sagan, que resultou na adaptação cinematográfica de mesmo nome.

Mais um belo momento do filme

Mais um belo momento do filme

“Interestelar” recebeu cinco indicações para a 87ª. Edição do Academy Awards (Oscar 2015), nas categorias de Melhores Efeitos Visuais, Melhor Trilha Sonora, Melhor Edição de Som, Melhor Mixagem de Som e Melhor Direção de Arte. Conquistou a estatueta de Melhores Efeitos Visuais.

Sobre o #CineCiência

Os encontros do #CineCiência acontecem desde 2013, no primeiro domingo de cada mês (este mês será excepcionalmente no último domingo), sempre com a apresentação de um clássico, comentado por um especialista na área científica em questão e com a mediação de José Luiz Goldfarb, coordenador da #RedeMIS. O debate é sempre transmitido via Twitter, permitindo que pessoas que conheçam o filme e o tema, mas que não estão presentes no MIS, também possam participar do evento.

Lançada em 2010, a #RedeMIS, núcleo de atividades voltadas para a difusão e debate sobre as redes sociais, já realizou quase uma centena de oficinas sobre o uso e aplicação do Twitter em diversas áreas de atuação. Organizou calorosos debates sobre o significado e consequências das novas mídias digitais nas vidas pessoais e profissionais. “Um ponto esteve sempre em evidência em nossa experiência: o caráter multifacetado no novo mundo que se apresenta no horizonte”, diz Goldfarb. “E foi justamente buscando desenvolver este conceito que lançamos o ciclo #CineCiência, que visa estabelecer um diálogo entre diversas atividades humanas, como a interface entre a Sétima Arte e a Ciência”, completa Goldfarb.

De acordo com o coordenador da #RedeMIS, é possível conhecer como diretores levaram para a telona o fantástico das novidades científicas e tecnológicas.

 

Sobre José Luiz Goldfarb

Goldfarb, coordenador da #RedeMIS

Goldfarb, coordenador da #RedeMIS

José Luiz Goldfarb possui graduação em Física pela Universidade de São Paulo (1978), mestrado em Filosofia e História da Ciência – McGill University, Canadá (1980) e doutorado em História da Ciência pela Universidade de São Paulo (1992).

Atualmente é professor da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, vice coordenador do Programa de Estudos Pós-Graduados em História da Ciência para o Biênio 2013/2015 e presidente da Cátedra de Cultura Judaica da PUC-SP.

É também coordenador do Programa de incentivo à leitura: Rio: uma cidade de Leitores, da Secretaria de Educação da Prefeitura da cidade do Rio de Janeiro; assessor da Presidência para comunicação digital e redes sociais da Associação Brasileira ‘A Hebraica’ de São Paulo, conselheiro da Sociedade Brasileira de História da Ciência, um dos idealizadores e coordenadores da campanha #doeumlivro, nascida no twitter, que arrecadou cerca de 900 mil livros, em quatro anos; e coordenador da #RedeMIS, do Museu da Imagem e do Som, de São Paulo. Foi de 1991 a 2012 curador do Prêmio Jabuti.

Publicou, entre outros, a tese de doutorado “Voar também é com os Homens, o pensamento de Mário Schenberg” (em 92). Dois anos depois, a tese foi transformada em livro, de mesmo nome, pela Edusp.

Multicultural, tem experiência na área de História, com ênfase em História das Ciências, atuando principalmente nos seguintes temas: história da ciência e ciência no século XVII, influências herméticas em Isaac Newton, ciência e religião, história da ciência no Brasil; bibliotecas públicas, políticas públicas de promoção do livro e da leitura, judaísmo, cinema, e elaboração, produção, viabilização e implantação de projetos e eventos culturais, e gestão de presença em redes sociais.

Com sua atuação em projetos de incentivo à leitura, conseguiu criar cerca de 200 bibliotecas em cidades, em diversos estados do país, que não tinham bibliotecas.

 

Ficha Técnica

Nome: #CineCiência (filme e debate)

Filme: “Interestelar” (Interstellar), produção anglo-americana de 2014, 169min, dirigida por Christopher Nolan, com trilha sonora de Hans Zimmer e elenco formado por nomes como Matthew McConaughey (Cooper), Anne Hathaway (Amelia Brand), Michael Caine (Professor Brand), Bill Irwin (Tars), John Lithgow (Donald), Matt Demon (Dr. Mann), Jessica Chastain (Murph Cooper), Casey Affek (Tom), Mackenzie Foy (Murph Jaune) e Wes Bentley (Doyle).

Quando*: dia 25 de outubro das 16h às 20h;

Debatedor: José Luiz Goldfarb, coordenador da #RedeMIS

Onde:  Auditório LabMIS do Museu da Imagem e do Som (MIS), na avenida Europa, 158 – Jardim Europa – São Paulo – tel: 11-2117-4777 – www.mis.sp.org.br

Número de lugares:  66

Classificação: 10 anos

Entrada: franca (retirada do ingresso uma hora antes do início do filme).

Público-alvo: Pessoas apaixonadas por Ciência e Cinema, assim como estudantes de Letras e de Jornalismo, jornalistas e pessoas interessadas em debater mídias sociais.

Informações: 11-2117-4777, ramal 402

Estacionamento conveniado: R$ 10,00 (desde que a pessoa carimbe o estacionamento na recepção).

Acesso e elevador para cadeirantes

Ar-condicionado: sim

Realização: #RedeMIS

Apoio: Fundação Santa Maria

*”Interestelar” foi exibido, em dois horários, no CineCiência de julho, mas volta a ser exibido e debatido devido ao grande número de pedidos do público.

 

 

Curta e compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS