A enfermeira gaúcha, que vive há mais de 20 anos em Santa Catarina, fala sobre as vantagens da auto-hemoterapia que, segundo ela, pode ser usada no tratamento, controle e prevenção de diversas doenças”. A palestra acontece na quarta-feira, dia 28 de agosto, a partir das 20h. A entrada é franca. 

 

Ida Zaslavsky dá palestra em São Paulo

A enfermeira Ida Zaslavsky, que vive há mais de 20 anos em Florianópolis,   chega a São Paulo para dar a palestra  “Auto-Hemoterapia – um bom passo maior que a perna”,  quarta-feira, dia 28 de agosto, às 20h, no Ambulatório de Acupuntura e Massagem Ponto Mar (unidade Ana Rosa), à rua Domingos de Morais, 628 – sala 1, telefone 11-3867-4171, próximo à estação do metrô. O evento tem entrada franca e é aberto ao público.

Segundo Ida,  a palestra, com cerca de uma hora de duração, aborda saúde e qualidade de vida, “dentro de um quadro onde as terapias complementares e integrativas, cada vez mais em evidência como cuidado de saúde, têm como função tratar do ser humano em todas as dimensões (física, mental, emocional, social e espiritual)”.

Na palestra, Ida disserta sobre vários aspectos da auto-hemoterapia, como evolução, história, indicações e usos. Ilustra o tema com exemplos de sua prática de 20 anos acompanhando pessoas nas diversas etapas da vida, desde o preparo para engravidar até a “partida do corpo”. Segundo ela, “a auto-hemoterapia é  usada no tratamento, controle e prevenção de diversas doenças”.

A palestra tem o mesmo nome do livro lançado em julho do ano passado pela enfermeira em Florianópolis.  Em “Auto-Hemoterapia: um bom passo maior que a perna – Das bases à autonomia do viver” (R$ 30,00, 149 páginas), a autora apresenta argumentos que, afirma,  “comprovam que a auto-hemoterapia é um recurso terapêutico simples com elevado grau de eficácia”. A partir da sua experiência de vários anos na aplicação da auto-hemoterapia, a autora aborda o tema de maneira sensível e esclarecedora, com linguagem dinâmica e depoimentos de pessoas que acompanhou de perto. O livro também traz três apêndices relativos a questões específicos da auto-hemoterapia, no âmbito jurídico e com relação à prática da terapia. Um pequeno glossário também foi inserido para facilitar o entendimento da obra por parte do leitor. De acordo com Ida Zaslavsky, “além de ser usada no tratamento de doenças como alergias, anemia, arritmia, bronquite, herpes labial, infecção óssea, psoríase, sinusite, sudorese, entre outras, a auto-hemoterapia também é indicada na prevenção de enfermidades”,

 

O que é auto-hemoterapia

A técnica da auto-hemoterapia consiste na retirada de sangue da veia no antebraço e reaplicação imediata no músculo da própria pessoa. O procedimento quadruplica o número de células de defesa e, consequentemente, potencializa a resposta imunológica em todo o organismo. “Isto acontece porque estas células promovem a limpeza e combatem vírus, bactérias, células neoplásicas, drogas e fibrina”, explica Ida.

 

Sobre a autora Ida Zaslavsky

É natural de Porto Alegre (RS) e reside em Florianópolis (SC) desde 1992. Formada em Enfermagem pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS, trabalha com saúde primária, secundária e terciária (unidade de tratamento intensivo e emergência) no Sistema Único de Saúde (SUS), desde 1982. Em 1993, a autora iniciou seus estudos acerca das terapias complementares nas áreas de bioenergética e auto-hemoterapia. Defensora da auto-hemoterapia, a autora publicou um artigo sobre o tema no site do Supremo Tribunal Federal em 2009, ano em que foi realizada uma audiência pública sobre o SUS. No artigo, Ida afirma que a técnica é capaz de promover saúde, prevenir, controlar e tratar diversas doenças, sem efeitos colaterais e praticamente sem custos para o paciente. Em 2012, a enfermeira publicou o já citado livro “Auto-Hemoterapia – um passo maior que a perna – Das bases à autonomia do viver”.

Curta e compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS