O Get Together acontece todas as segundas-feiras no Brooklyn Restaurante, em São Paulo. A inauguração é no dia 13 de abril.

 

 

Fechada do Brooklyn Restaurante

Fechada do Brooklyn Restaurante

 

Alex Ratto, o novo sócio do Brooklyn Restaurante, lança na próxima segunda-feira, 13 de abril, o projeto Get Together. Ratto, que já foi sócio das inesquecíveis Rose Bom Bom e Dancing, entre outras casas noturnas e empreendimentos, criou o Get Together para festejar os 15 anos do Brooklyn  e resgatar a magia e glamour da segunda-feira, que durante muitos anos foi a noite mais chique e badalada de São Paulo. “A gente já começava a semana em alto astral caindo na night para ver os amigos, paquerar, curtir um bom som e rir muito. Com o Get Together, as pessoas que viveram e curtiram esse tempo e que  hoje têm poucas opções para curtir a vida noturna, agora terão aonde ir. É uma noite especial para convidados especiais”, diz o empresário.

Para realizar o Get Together, Ratto escalou um time de “irado”: Rubinho Claudino, sócio da Central de Modelos; o Dj Marquito M. Costa (Studio 54, do Guarujá) que, em parceria com o DJ Robertinho (Gallery e Hipopótamos, entre outros) comandará o som, com o melhor dos anos 70, 80 e 90, com muitos arranjos especiais; o empresário  Rony Suplicy (Moinho Santo Antônio e  Morro de São Paulo, entre outros),  que cuida da produção geral do evento;  e a jornalista Sula Gava (autora do “Blog da Gatha Repórter”).

Sula Gava, a Gatha Repórter

Sula Gava, a Gatha Repórter

O Get Together acontece todas as segundas-feiras, com Happy Hour a partir das 18h e Night a partir das 21h, com um mix de glamour, magia, paquera, dança e muito mais. Tudo junto e misturado! “Não fique parado no trânsito, nem sentado à mesa de um bar. Venha para o Get Together”, convoca  Alex Ratto.

O preço é de R$ 70,00 para os homens e R$ 50,00 para as mulheres. A casa oferece um Welcome Drink (drinque de boas-vindas).

           Sobre o Brooklyn Restaurante

Inaugurado há 15 anos, em São Paulo, o Brooklyn Restaurante é conhecido pelo seu projeto inovador e moderno, baseado em duas atrações principais: gastronomia e “spots” de musicais. As intervenções com clássicos do jazz, temas de filmes e, principalmente, trechos de musicais da Broadway são cantadas e interpretadas em inglês por garçons que são também jovens profissionais do teatro musical. A cozinha tem pratos, originais e refinados, que podem ser acompanhados pela variada carta de vinhos. Em 2014, um novo sócio, Alex Ratto, assumiu a casa, que realizou várias reformas estruturais. Alex Ratto já foi sócio de casas memoráveis da noite paulistana, como Rose Bom Bom, bar São Tomé e Dancing. Com a chegada do musical “Mudança de Hábito”, o restaurante Brooklyn tem recebido novos clientes e atraído antigos frequentadores. “Tivemos um aumento de cerca de 15% de clientes”, diz o sócio da casa, Alex Ratto.

            Charmosa arquitetura

O charme do restaurante começa já na fachada, que reproduz o estilo dos clássicos prédios de três andares com tijolos aparentes e escadas de emergência externas, muito comuns no bairro nova-iorquino do Brooklyn. Já seu interior possui um ambiente clean, com paredes claras, cortinas brancas e mesas em mármore. No salão principal e no mezanino, há espaço para 152 pessoas, em mesas que vão de quatro a 10 lugares.

O nome Brooklyn Restaurante foi uma homenagem ao bairro em que fica localizado e, claro, ao bairro da maior cidade dos EUA. Por isso, a fachada estabelece uma relação lúdica entre os dois bairros de São Paulo e Nova York.

A mistura de música e gastronomia surpreende e se torna o diferencial da casa. “Como diz o próprio cardápio do restaurante, os clientes fazem uma inesquecível viagem a Nova York com o melhor da música, do show e da gastronomia, sem sair de São Paulo”, diz Alex Ratto.

            Programação e história

 

Belo momento do show dos garçons cantores

Belo momento do show dos garçons cantores

A partir das 21h, começa a performance dos garçons cantores. Dirigida por Rafael Marão (direção musical e cênica), a equipe se apresenta em intervalos de trinta minutos. Do Brooklyn Restaurante já saíram artistas que participaram de peças e musicais como Rent, Lês Miserables, Fantasma da Ópera, Beijo da Mulher Aranha, Mágico de Oz, Rei Leão e Pequena Sereia, Simone Gutierrez, Marcos Tumura, Andrezza Massei e Ivan Parente. Agora, duas garçonetes cantoras, Raquel Paulin e Ana Araújo, estão no elenco do musical “Mudança de Hábito”.  De acordo com Marão, uma música do filme “Mudança de Hábito”, “Happy Day” faz parte do repertório do restaurante, “e em breve serão também introduzidas uma ou duas canções do musical que estreia no dia 5 de março em São Paulo. “A Happy Day  é conhecidíssima e os clientes adoram”, afirma.

A ideia de se fazer o Brooklyn em São Paulo surgiu a partir de uma viagem a Nova York, em 1999, quando os antigos empresários paulistanos estiveram em um restaurante antigo, da década de 30, chamado Asti, onde os garçons durante a noite cantavam operetas, já que a casa era frequentada por grandes estrelas da ópera. Resolveram trazer a ideia, mas adaptá-la para um restaurante mais contemporâneo, onde os garçons cantores se apresentariam cantando e dançando musicais de sucesso da Broadway. “Fomos felizes na época da inauguração, em 1999, já que foi neste período que se iniciou o ‘boom’ dos musicais em São Paulo, com a vinda da CIE e a estreia do musical Rent”, diz Ratto, que acrescenta: “Agora vamos aproveitar a chegada do musical ‘Mudança de Hábito’ para introduzir novas canções e pratos no restaurante. Já tivemos um crescimento de 15% na frequência de clientes”.

         Cardápio

O Brooklyn restaurante tem cozinha contemporânea e apresenta um cardápio com toques mediterrâneos e influências do mundo inteiro, composto por opções diferenciadas, entre elas: couvert com pães variados feitos na casa com surpresas do chef; entradas quentes: camarão empanado em coco ralado e pimenta calabresa, chutney de manga, salada de salsão, alface americana, morango e redução de balsâmico; e frias: salada de folhas variadas, tomate confit, queijo coalho com orégano e mel, uvas verdes e molho de iogurte -; carros-chefe:  lombo de cordeiro com molho de cerveja preta e risoto de funghi, costeleta de vitela com molho de vinho tinto e risoto de radicchio, gorgonzola, cebolinha e molho demi-glace e risoto de camarão com bisque, tomate concassé e hortelã; além de aves: confit de pato com “jus” de aves e especiarias e purê de batata com dois queijos (parmesão e brie); e peixes e frutos do mar: salmão com gergelim, molho teriyaki e purê de batata com essência de gengibre.

Já nas sobremesas, o cardápio traz 10 opções, entre elas: crepe de nutella com sorvete de creme, tapioca de doce de leite artesanal com coco ralado e sorvete de creme;  e suflê de goiabada com raspas de gengibre e calda de catupiry e leite condensado.

A carta de vinhos conta com mais de 80 rótulos de países como Argentina, Chile, Uruguai, França, Itália, Espanha, Portugal e Brasil. Os preços variam entre R$ 65,00 e R$ 560,00.

Brooklyn Restaurante – Rua Baltazar Fernandes, 54 – Brooklyn – tel: 11-5533-4999. Site: www.brooklynrestaurante.com.br, Capacidade: 152 lugares. Horário de Funcionamento: de terça a quinta das 20h à 1h; de sexta a sábado das 20h às 2h. Às segundas-feiras, projeto Get Together, a partir das 18h, com Happy Hour e Night: R$ 70,00 homens e R$ 50,00 mulheres (a casa oferece um Welcome Drink). Água Mineral:  R$ 6,00; Reservas: aceita reservas para todos os dias de terça a sábado, a partir das 20h – as reservas são mantidas até às 21h. Cheques: sim.  Cc: Visa crédito e débito, MasterCard crédito e débito; Couvert Artístico: R$ 30,00 às terças, quartas e quintas-feiras; R$ 40,00 às sextas-feiras e sábados; Estacionamento com manobrista (terceirizado): R$ 25,00 (não trabalham com cartão).

Curta e compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS