Milena Caldeira e José Luiz Goldfarb, coordenadores da campanha

Mais uma vez o twitter, com seus parcos 140 toques mostra que pode ser um poderoso aliado da cultura e da sociedade como um todo. A campanha #doeumlivro, que chegou na última edição à ótima marca de 215.500 livros recebidos, pretende este ano arrecadar cerca de 250 mil exemplares. Segundo o multidisciplinar José Luiz Goldfarb,  diretor de divulgação da campanha, a expectativa é de que 2012/2013 supere as três primeiras edições, quando foram arrecadados cerca de 180 mil livros em cada um dos dois primeiros anos e os já citados 215.500 livros na última campanha. “Em três anos recebemos cerca de 575.500 livros”, afirma. “E isso que não são aceitos livros didáticos”, acrescenta..

A #doeumlivro nasceu no twitter (veja a história mais abaixo) e logo ganhou às ruas através de parceiros, com destaque para a rede de farmácias Droga Raia. Segundo Cristiana Pipponzi, diretora de Comunicação Corporativa da Raia Drogasil, “a empresa acredita que  a educação é um poderoso instrumento transformador da sociedade e imediatamente uniu a ação que já realizava em suas lojas à campanha do Twitter”. Como nos anos anteriores, a Droga Raia disponibilizou suas lojas para que os livros sejam doados (em 362 cidades de seis estados: São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul,  Paraná e Santa Catarina) e colocou totens personalizados para ilustrar o ponto de coleta. Segundo Cristiana, a leitura é uma fonte inesgotável de conhecimento que permite desenvolver criatividade e imaginação, possibilitando conhecer um mundo diferente do que vivemos. “A campanha permite compartilhar a experiência da leitura tornando-a acessível para um número maior de pessoas”, afirma.

O bar Mortadela Brasil, no box 4 do mezanino do Mercado Municipal Paulistano de São Paulo, apoia a iniciativa pelo segundo ano consecutivo: “Damos 10% de desconto na conta de quem apoia a campanha com um ou mais livros. Isso porque o livro é o alimento da alma”, afirma José Maurício de Freitas, um  dos sócios do estabelecimento. Ele diz ainda que não há qualquer expectativa de aumento de clientes devido à ação. “Nesta época do ano, com as pessoas que chegam em são Paulo para as compras ou de férias, estamos com a casa sempre cheia de clientes. Entramos na campanha anterior e conseguimos arrecadar centenas de livros. Agora aderimos novamente pela importância que o livro tem como formador do indivíduo e da sociedade como um todo”, afirma.  As obras arrecadadas serão distribuídas em comunidades carentes, além de bibliotecas publicas e escolas.  Esta edição, a campanha tem o apoio da Fundação Abrinq e da Sempre um Papo.

De acordo com o diretor de divulgação da campanha, o multidisciplinar José Luiz Goldfarb, entre outros curador há 22 anos do Prêmio Jabuti, o #doeumlivro foi em todos os anos um dos assuntos mais comentados no twitter. “Mais uma vez a campanha #doeumlivro invadiu a twittosfera. São dezenas de tweets por minuto, centenas por hora e milhares do por dia, de pessoas que acreditam que juntas podem mudar o Brasil. E isso que a campanha nem começou ainda oficialmente. A #doeumlivro é exemplo de como as redes sociais que se formam no twitter podem extrapolar os limites da dimensão virtual, ganhar as ruas das cidades, fazer a diferença e transformar a realidade”, afirma. A campanha vai até o dia 31 de janeiro de 2013.

Campanha surgiu há três anos

De maneira informal, há três anos alguns twitteiros passaram incentivar outros twitteiros a doarem livros no final do ano. A proposta teve receptividade e adesão avassaladoras e logo se tornou a campanha #doeumlivro. Organizada por Heber Dias de Souza, José Luiz Goldfarb, Laura Furquim Xavier e Milena Caldeira, a campanha se tornou um dos assuntos mais comentados no ambiente do twitter (em alguns dias a TAG chegou a ser a mais mencionada no twitter brasileiro) e foi “abraçada” por artistas, jornalistas, políticos e empresários, como Maria Rita, Serginho Groisman, Paulo Coelho e Willian Bonner. Rapidamente a iniciativa evoluiu para um projeto objetivo e consistente, com parcerias em todo o País, com destaque para a Droga Raia, que disponibilizou caixas para coleta das obras em lojas de sua rede em vários estados brasileiros.

Os livros começaram a surgir – em grande quantidade. Ao final, foi arrecadado o surpreendente número de 180.455 livros. No ano seguinte, os números foram praticamente idênticos. Em 2011/2012, as doações chegaram a 215.500 exemplares.

Os locais de coletas podem ser encontrados no site da campanha: http://www.doeumlivro.com.br/ (ou, para  a campanha via twitter, @doeumlivro). A campanha está em 362 cidades dos seguintes estados: São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Sobre os coordenadores da campanha

Laura Furquim Werneck Xavier -: doutoranda em Química pela UFMG,

Licenciada em Química (UFMG), mestre em Química Ambiental (PUC-RJ) e responsável pela parte de mídias socias do #doeumlivro (twitter, facebook e site)

Heber Dias - pastor Evangélico da Igreja do Evangelho Quadrangular em Contagem-MG, assessor de Marketing Político e Gerenciamento e idealizador da campanha #DoeUmLivro.

José Luiz Goldfarb -  Atua em diversas áreas do conhecimento. Possui graduação em Física pela Universidade de São Paulo (1978), mestrado em Filosofia e História da Ciência – McGill University, Canadá (1980) e doutorado em História da Ciência pela Universidade de São Paulo (1992). É curador há 22 anos do Prêmio  Jabuti,  da Câmara Brasileira do Livro, considerado a principal premiação da literatura do país;  presidente da recém-criada Cátedra de Cultura Judaica da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e professor e vice-coordenador do Programa de Estudos de Pós-Graduação em História da Ciência da PUC-SP.

É coordenador do programa de incentivo à leitura  “Rio: uma Cidade de Leitores”, da Secretaria de Educação da Prefeitura da cidade do Rio de Janeiro. Em 2009, Goldfarb atendeu ao chamado da secretária Claudia Costin. O projeto tem presença marcante na rede de escolas públicas cariocas, abrangendo cerca de 40 mil professores, 300 creches e cerca de 11 mil escolas, com múltiplas iniciativas voltadas ao incentivo à leitura dos alunos da rede, professores, funcionários e comunidades do entorno da escola.

Goldfarb é oficiante do culto da sinagoga da Associação Brasileira “A Hebraica” de São Paulo, onde também atua como diretor de Comunicação, dedicando-se especialmente à presença da instituição nas mídias digitais; conselheiro da Biblioteca Haroldo de Campos (Casa das Rosas – Secretaria de Estado da Cultura); e presidente do Conselho Deliberativo da Associação Amigos do Museu Judaico de  São Paulo, entre outros. Recebeu do Conselho Regional de Biblioteconomia do Estado de São Paulo o “IX Prêmio de Biblioteconomia Paulista Laura Russo”. Recentemente foi eleito membro honorário da Academia Paulista de Educação. É consultor de projetos do terceiro setor e de desenvolvimento de ações no Twitter.

Goldfarb atua também na área das comunicações através da TVPUC (canal universitário) com o programa de entrevistas “Nova Stella – Ciência em Debate”, que leva ao telespectador uma entrevista semanal com professores e pesquisadores da PUC e de outras universidades, sempre abordando a temática da ciência com perspectiva histórica e filosófica.

Além de cuidar de seu próprio twitter (@jlgoldfarb), que tem cerca de 22 mil seguidores, coordena o twitter da PUC-SP, com quase 9.000 seguidores. É coordenador do projeto #RedeMIS, do Museu da Imagem e do Som de São Paulo, onde desenvolve há um ano oficinas e debates, sempre com foco principal nas redes sociais. É criador e um dos coordenadores nacionais do Encontro dos Twitteiros Culturais (ETC), presente em 20 estados do País.  Coordena ao final de cada ano a campanha #doeumlivro, desenvolvida principalmente no  twitter e facebook, que arrecadou e distribuiu cerca de 575 mil livros. É torcedor fanático do Santos Futebol Clube.

Milena Caldeira – Graduada em Ed. Física e pós graduada em Psicopedagogia, lecionou por 13 anos na Educação Infantil, em Santo André. Ingressou no twitter em 2010 e, desde então, é engajada em ações sociais, em especial de incentivo à leitura e à educação.

 

Curta e compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS