Por Airton Gontow

Hoje, a última chance de Cristiano Ronaldo?

Hoje, a última chance de Cristiano Ronaldo?

O “Se” não entra em campo, mas se o zagueiro espanhol Piqué não tivesse cometido aquela falta estúpida ao final a nota do Cristiano Ronaldo na estreia teria sido mediana. “Um gol em um pênalti duvidoso, cavado por ele e um gol em um frangaço do goleiro. Nota 7…”

O estupendo gol de falta tornou a boa em atuação de excelência e o craque mereceu 10, já que 11 a gente não pode dar!
Na segunda partida, contra o Marrocos, Cristiano fez um gol e não tocou mais na bola, a qual nem viu a cor no terceiro jogo, contra o Irã!
O fato é que o CR7 tem até agora na Copa confirmado a impressão de ser um dos grandes, talvez o maior, finalizador de todos os tempos, nas não aquele craque capaz de comandar a equipe e encantar a todos os dribles, lançamentos e tabela. Não que cabeceio, velocidade e chute sejam detalhes. Pelo contrário. O gol segue como o “grande momento do futebol” e Cristiano é um gênio na arte de marcar gols. Além disso é impressionante sua garra, autoconfiança e obstinação em alcançar e superar marcas.
Mas o craque, mesmo com seus quatro gols assinalados na Rússia, segue devendo. Nesta e nas Copas anteriores. Em 16 jogos tem sete gols marcados (dois deles de pênalti), nenhum deles em fases de mata-mata, e apenas uma assistência.
Hoje, contra o Uruguai, tem mais uma chance de marcar seu nome na história da principal competição do futebol mundial. Por enquanto, jogou menos que o rival Messi, que ao menos conduziu a Argentina ao vice-campeonato mundial em 2014, quando foi eleito, embora injustamente, o melhor da Copa.
Até a partida deste dia 30 de junho de 2018 Cristiano não é nem o melhor português da história das Copas, largamente superado por Eusébio!
Com sangue nos olhos o gajo, de 33 anos, tem hoje sua última chance.
—————————————————————
Airton Gontow é jornalista, cronista e diretor do site de relacionamento Coroa Metade. Está cobrindo, com mix de papo sério e tentativa de bom humor, o Mundial direto da cidade Gontowsky, onde a situação está geralmente russa. A viajou a convite da Air Town.

 

Curta e compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS