por Airton Gontow

 
É difícil saber o que sentimos.

Não há clareza na hora da dor.

Consigo perceber que estou entorpecido,

Mas que não estou triste como em 82.

Aquela geração merecia demais!

Zico, Sócrates, Falcão, Júnior, Éder, Cerezzo…

Mestre Telê Santana!

Não estou nem mesmo arrasado como fiquei com a contusão do Neymar.

– A violência e a fatalidade tiraram a arte da Seleção Brasileira! A alegria saiu de campo chorando!

Hoje a sensação é diferente.

Sei que não houve injustiça.

Estou tonto é com o choque de realidade!

Curta e compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS