Em sua 29º edição, o evento de Gramado consegue a proeza de melhorar a cada ano!

 

Árvore cantante

Árvore cantante

A Árvore Cantante encanta. Mais que uma rima, é uma constatação! Como quase tudo o que envolve o belo e já tradicional “Natal Luz”, da cidade gaúcha de Gramado, a atração está melhor a cada ano. Uma proeza, porque sempre a impressão é de que é impossível melhorar ainda mais. A Rua Coberta, ponto do centro de Gramado, tem sido o palco de um dos mais belos espetáculos do 29º Natal Luz. A Árvore Cantante é formada por um coral de 28 vozes integrados por jovens e adultos do Programa de Artes Pedro Henrique Benetti. O coral se apresenta, de forma alternada, com um grupo de dançarinas de sapateado e jazz.  Os shows acontecem sempre às 20h, e têm entrada franca.

Segundo o professor Gledison Martins, que coordena o espetáculo, a ideia é modelar o show de forma que ele não perca a característica de unir o popular ao clássico. “Com isto, os espectadores sempre voltam e lotam a Rua Coberta”, diz Gledison. O coro de músicas alternadas entre jazz e sapateado embala os passos da coreografia das dançarinas que usam vestidos vermelhos semelhante a uma túnica de Papai Noel.  “Além do grupo de dança, quatro solistas cantam ‘Noite Feliz’ e ‘Happy Day’ no fechamento do espetáculo”, acrescenta Martins. As dançarinas são coordenadas pela professora Patricia Lovato.

Além da Árvore Cantante acontece na Rua Coberta os espetáculos Happy Hour Christmas, Orquestra de Violões e Concertos diversos.

e Cantante une sapateado, jazz e coral em um espetáculo natalino

 

Curta e compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS